O que é o peeling de cristal
O peeling de cristal é uma dermoabrasão, ou seja, uma esfoliação realizada mecanicamente na pele com o objetivo de remover marcas e melhorar o aspecto da pele, tratando cravos, manchas, rugas e estrias corporais.

Indicações do peeling de cristal
O tratamento está indicado para pessoas que desejam tratar cravos, manchas (obtendo clareamento facial), rugas e estrias corporais (principalmente as avermelhadas) e até mesmo pelos encravados, inclusive sendo muito indicado para homens com foliculite. O peeling de cristal também estimula o colágeno da pele, melhorando sua firmeza e é uma opção para peles com bronzeado manchado.

Regiões do corpo em que pode ser feito
Além do rosto, o peeling de cristal pode ser feito em qualquer outra parte do corpo, e é principalmente feito no rosto, abdômen, dorso e culote.

Como é feito o peeling de cristal
O peeling de cristal é feito com ajuda de um aparelho que faz uma sucção na pele através de uma ponteira que libera óxidos de alumínio - chamados de cristais - responsáveis pela esfoliação da pele. A máquina lança os cristais na pele, que esfoliam e removem as impurezas e as células mortas de toda a parte externa da pele. O aparelho também exerce um vácuo, puxando essas partículas de volta. A dor durante o tratamento é considerada leve. Em casos de maior sensibilidade do paciente pode ser usado analgésico tópico para reduzir o incômodo durante o procedimento.

O dermatologista tem duas opções durante o peeling de cristal: manter uma esfoliação leve da epiderme ou realizar o procedimento de maneira mais intensa, chegando até a derme superficial (que fica abaixo da epiderme, a primeira camada da pele). O principal benefício do método mais profundo é a associação com princípios ativos. Chegando na derme superficial são colocados os ativos que considerados necessários: células tronco vegetais, hidratantes, máscara de colágeno, tensores, ácido retinoico, vitamina C, entre outros. A permeabilidade dos cosméticos é muito maior nessa camada da pele, garantindo resultados mais visíveis.

Sessões de peeling de cristal
Cada sessão de peeling de cristal dura em média 15 minutos. São necessárias pelo menos três sessões e o número total depende de cada caso. Para tratar manchas, cravos e rugas entre três e cinco sessões costumam ser suficientes e para estrias entre cinco e dez sessões. O intervalo indicado para as sessões é de cerca de 20 dias.

Profissionais que podem realizar o peeling de cristal
Médicos podem fazer o procedimento mais profundo. Esteticistas utilizam ponteiras diferentes, que fazem o procedimento de maneira mais superficial.

Cuidados antes do peeling de cristal
No geral, não são precisos cuidados específicos antes do peeling de cristal. Normalmente, quem vai fazer um tratamento para estrias, clareamento ou foliculite costuma-se usar ativos renovadores celulares (como ácido retinoico e ácido glicólico), que preparam a pele, deixando-a uniforme, o que permite melhor penetração dos ativos.